Últimas Notícias!

12 de julho de 2019

TOY STORY 4 | Grupo conservador protesta contra cena "perigosa" de casal de mães

Um dos maiores grupos conservadores dos Estados Unidos, One Million Moms (Um Milhão de Mães), está boicotando Toy Story 4, por apresentar uma cena que indica um relacionamento homoafetivo entre duas mulheres.


A polêmica e o boicote estão acontecendo porque Bonnie, a nova dona de Woody, é deixada na escola para seu primeiro dia de aula no jardim de infância e numa cena ao fundo, duas personagens aparecem deixando outra garota - e, na sequência, dando as mãos.

A organização acredita que a cena é uma referência sutil a comunidade LGBTQ+. Nenhuma outra cena sobre o relacionamento das personagens é evidenciada.

O grupo chamou a cena de "perigosa" e adverte que os pais podem ser surpreendidos pelo filme promover o "estilo de vida" LGBTQ+.

A organização - que também já protestou contra o Steven Universo e As Meninas Superpoderosas por mostrar apoio à comunidade LGBT - apontou dessa vez para a Disney por exibir na animação uma questão política ao invés de oferecer um conteúdo de "entretenimento infantil familiar".

"A Disney devia divertir ao invés de empurrar uma agenda de discussões e expor as crianças a esses tópicos", acrescentou.

One Million Moms criou uma petição sobre o assunto e recebeu mais de 12.000 assinaturas até o momento.


Post Top Ad