Banner Topo


EP VII: Pôster chinês é acusado de racismo

O cartaz do sétimo filme da saga "Star Wars" é ligeiramente diferente do original na China, já que nele alguns personagens interpretados por atores negros tiveram seu tamanho reduzido e alguns até foram apagados, o que causou polêmica e acusações de racismo.


Na CHINA, o ator John Boyega, um dos protagonistas de "O Despertar da Força", aparece visivelmente menor e mais escondido que no original, enquanto Maz Kanata, a personagem interpretada pela atriz negra Lupita Nyong'o, foi completamente apagada!

Não para por aí: o Chewbacca e o ator hispânico Oscar Isaac também foram apagados!  Porém as mudanças relacionadas com os atores negros são as que geraram mais críticas.

"Isso é porque os chineses não gostam dos personagens negros nem dos cabeludos? Não sei se devo chorar ou rir", escreveu no Twitter um internauta que assinava com o nome de Jay. Os fãs chineses da saga afirmaram que seu país não é racista.

"É injusto criticar o público chinês por um caso individual", declarou o crítico Chen Qiuping, da Associação de Cinema da China, ao jornal oficial "Global Times".

Pela primeira vez, um filme da saga "Star Wars" será exibido nos cinemas comerciais da China, já que os seis anteriores não obtiveram na época de seus lançamentos as permissões necessárias das autoridades censoras do país.

Também acho injusto acusar toda a China/chineses de racismo, mas confesso que o editor/responsável desses pôsters deveria dar algumas explicações e com urgência!
EP VII: Pôster chinês é acusado de racismo EP VII: Pôster chinês é acusado de racismo Reviewed by F3 on 09:40 Rating: 5