Banner Topo


Silent Hill - quando o TERROR chegou aos games

Falaremos nesse post sobre um jogo de terror que marcou gerações: Silent Hill



Com a explosão de jogos survival horror sendo criados nos anos 90, pela influência de Resident Evil surgiram vários jogos

Silent Hill nasceria não pra ser mais um jogo, vinha na verdade para revolucionar o conceito do terror nos jogos digitais.

Criado pela Konami, podemos esperar qualidade no jogo. Silent Hill sairia em 1999 para Psx com gráficos 3d e visão de terceira pessoa. Nada tão diferente do que vinha sendo produzido na época. Porém o diferencial estaria na história e na interação do jogador com o game.

Harry Mason é um escritor saindo de férias para Silent Hill a pedido de sua filha Cheryl de 7 anos. Chegando à cidade, um vulto atravessa a estrada causando o acidente onde seu carro capota e ele desmaia. Quando acorda perde de vista Cheryl, precisando vasculhar a cidade para procurar sua filha perdida.

Olhando assim a história não promete, porém com o desenrolar do jogo e as reviravoltas de enredo, o jogador se vê envolvido entre personagens enigmáticos e uma seita misteriosa, além da misteriosa realidade alternativa que toma conta da cidade em certos momentos.


 A bela introdução mostra trechos onde todos os personagens do jogo aparecem. Para quem já terminou o jogo, pode ver a ligação de todos os eventos, para quem é estreante... deixarei que descubram.

A sonoplastia é um espetáculo a parte na ambientação do jogo. A música de introdução, melancólica e enigmática, demonstra o compasso que será o jogo. A trilha é composta por Akira Yamaoka, venerado pelos fãs hardcore da série.

Importante ressaltar a ligação do jogo com a visão de uma criança sobre o mundo. Várias menções a literatura infantil são feitas sutilmente e todos os monstros do jogo, de certa forma, são uma manifestação do medo de uma criança (não explicarei melhor para não dar spoiler).

Silent Hill estreou a franquia e arrisco dizer que foi o melhor jogo da série. Qualquer fã de terror e bons enredos devem joga-lo por obrigação. Atente nos menores detalhes do jogo, que é o que faz ser tão excelente, como poucos jogos de terror hoje em dia conseguem construir. O jogo contém 4 finais e 1 secreto, recomendo todos.

E você gosta de jogos de terror/suspense? Então não deixe de se cadastrar na Gamefik e fique por dentros dos jogos mais horripilantes. Gamefik-se!

Texto: Rafilsky


Silent Hill - quando o TERROR chegou aos games Silent Hill - quando o TERROR chegou aos games Reviewed by F3 on 19:11 Rating: 5